AbcMed
Vida Saudável - 14/08/19
Por modulação hormonal entende-se o uso de hormônios bioidênticos (iguais aos produzidos naturalmente pelo corpo), aminoácidos, vitaminas e antioxidantes, com o objetivo de que o corpo, mesmo de indivíduos mais velhos, atinja o “mesmo padrão” da juventude plena aos 18-21 anos. Sabe-se que os hormônios estão intimamente relacionados ao processo do envelhecimento.   [Mais...]
Os osteocondromas são saliências ósseas cobertas de cartilagem1 que ocorrem na extremidade dos ossos, próximo à placa2 de crescimento. Eles são os tumores benignos mais comuns dos ossos. Embora quase sempre afetem os ossos longos3 da perna, da pelve4 ou da escápula5, podem ocorrer em qualquer outro osso do esqueleto6.
1 Cartilagem: Tecido resistente e flexível, de cor branca ou cinzenta, formado de grandes células inclusas em substância que apresenta tendência à calcificação e à ossificação.
2 Placa: 1. Lesão achatada, semelhante à pápula, mas com diâmetro superior a um centímetro. 2. Folha de material resistente (metal, vidro, plástico etc.), mais ou menos espessa. 3. Objeto com formato de tabuleta, geralmente de bronze, mármore ou granito, com inscrição comemorativa ou indicativa. 4. Chapa que serve de suporte a um aparelho de iluminação que se fixa em uma superfície vertical ou sobre uma peça de mobiliário, etc. 5. Placa de metal que, colocada na dianteira e na traseira de um veículo automotor, registra o número de licenciamento do veículo. 6. Chapa que, emitida pela administração pública, representa sinal oficial de concessão de certas licenças e autorizações. 7. Lâmina metálica, polida, usualmente como forma em processos de gravura. 8. Área ou zona que difere do resto de uma superfície, ordinariamente pela cor. 9. Mancha mais ou menos espessa na pele, como resultado de doença, escoriação, etc. 10. Em anatomia geral, estrutura ou órgão chato e em forma de placa, como uma escama ou lamela. 11. Em informática, suporte plano, retangular, de fibra de vidro, em que se gravam chips e outros componentes eletrônicos do computador. 12. Em odontologia, camada aderente de bactérias que se forma nos dentes.
3 Ossos longos: Exemplo: Fêmur
4 Pelve: 1. Cavidade no extremo inferior do tronco, formada pelos dois ossos do quadril (ossos ilíacos), sacro e cóccix; bacia. 2. Qualquer cavidade em forma de bacia ou taça (por exemplo, a pelve renal).
5 Escápula:
6 Esqueleto:
   [Mais...]

A leucoplasia1 é a condição em que se formam espessamentos e manchas brancas na gengiva, no interior das bochechas, no fundo da boca2 e, às vezes, na língua3. Mais raramente, lesões4 semelhantes ocorrem também na mucosa5 genital.
1 Leucoplasia: Termo que literalmente significa “formação brancacenta” e que é utilizada para designar lesões benignas, ou em certas ocasiões malignas, que produzem uma coloração esbranquiçada da superfície mucosa, geralmente na cavidade oral.
2 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
3 Língua:
4 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
5 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
   [Mais...]

Pele saudável - 01/08/19
A ictiose é um grupo relativamente incomum de desordens da pele1 caracterizado pela presença de quantidades excessivas de escamas de superfície seca de pele1. As dermatoses ictiosiformes podem ser classificadas de acordo com manifestações clínicas, apresentação genética e achados histológicos2.
1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Histológicos: Relativo à histologia, ou seja, relativo à disciplina biomédica que estuda a estrutura microscópica, composição e função dos tecidos vivos.
   [Mais...]

Vida Saudável - 31/07/19
Uma dieta saudável começa cedo na vida com o aleitamento materno1. Após o início do desmame, a dieta vai sendo complementada e segue-se a introdução de uma alimentação equilibrada contendo proteínas2, carboidratos, gorduras, frutas, vegetais e fibras. Todos esses macro e micronutrientes3 colaboram para a boa saúde4.
1 Aleitamento Materno: Compreende todas as formas do lactente receber leite humano ou materno e o movimento social para a promoção, proteção e apoio à esta cultura. Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
2 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
3 Micronutrientes: No grupo dos micronutrientes estão as vitaminas e os minerais. Esses nutrientes estão presentes nos alimentos em pequenas quantidades e são indispensáveis para o funcionamento adequado do nosso organismo. Exemplos: cálcio, ferro, sódio, etc.
4 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

AbcMed - 30/07/19
Neurociência, ou neurobiologia, é o estudo científico do sistema nervoso1. É um ramo multidisciplinar da biologia que combina fisiologia2, anatomia, biologia molecular, biologia do desenvolvimento, citologia, modelagem matemática e psicologia para entender as propriedades fundamentais dos neurônios3 e dos circuitos neurais.
1 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.
2 Fisiologia: Estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
3 Neurônios: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO. Sinônimos: Células Nervosas
   [Mais...]

Saúde do Idoso - 29/07/19
A hidrocefalia1 é uma condição na qual há um excesso de líquido cefalorraquidiano2 (LCR) ou líquor3 nos ventrículos. Os ventrículos aumentam para acomodar o fluido extra e pressionam diferentes partes do cérebro4. Na hidrocefalia1 de pressão normal, a drenagem5 do LCR é bloqueada muito gradualmente e o excesso de líquido se acumula muito lentamente. Com isso, a pressão do fluido no cérebro4 pode não ser tão alta quanto em outros tipos de hidrocefalia1, ou mesmo ser normal.
1 Hidrocefalia: Doença produzida pelo aumento do conteúdo de Líquido Cefalorraquidiano. Nas crianças pequenas, manifesta-se pelo aumento da cabeça, e nos adultos, pelo aumento da pressão interna do cérebro, causando dores de cabeça e outros sintomas neurológicos, a depender da gravidade. Pode ser devido a um defeito de escoamento natural do líquido ou por um aumento primário na sua produção.
2 Líquido cefalorraquidiano: Líquido cefalorraquidiano (LCR), também conhecido como líquor ou fluido cérebro espinhal, é definido como um fluido corporal estéril, incolor, encontrado no espaço subaracnoideo no cérebro e na medula espinhal (entre as meninges aracnoide e pia-máter). Caracteriza-se por ser uma solução salina pura, com baixo teor de proteínas e células, atuando como um amortecedor para o córtex cerebral e a medula espinhal. Possui também a função de fornecer nutrientes para o tecido nervoso e remover resíduos metabólicos do mesmo. É sintetizado pelos plexos coroidais, epitélio ventricular e espaço subaracnoideo em uma taxa de aproximadamente 20 mL/hora. Em recém-nascidos, este líquido é encontrado em um volume que varia entre 10 a 60 mL, enquanto que no adulto fica entre 100 a 150 mL.
3 Líquor: Líquido cefalorraquidiano (LCR), também conhecido como líquor ou fluido cérebro espinhal, é definido como um fluido corporal estéril, incolor, encontrado no espaço subaracnoideo no cérebro e na medula espinhal (entre as meninges aracnoide e pia-máter). Caracteriza-se por ser uma solução salina pura, com baixo teor de proteínas e células, atuando como um amortecedor para o córtex cerebral e a medula espinhal. Possui também a função de fornecer nutrientes para o tecido nervoso e remover resíduos metabólicos do mesmo. É sintetizado pelos plexos coroidais, epitélio ventricular e espaço subaracnoideo em uma taxa de aproximadamente 20 mL/hora. Em recém-nascidos, este líquido é encontrado em um volume que varia entre 10 a 60 mL, enquanto que no adulto fica entre 100 a 150 mL.
4 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
5 Drenagem: Saída ou retirada de material líquido (sangue, pus, soro), de forma espontânea ou através de um tubo colocado no interior da cavidade afetada (dreno).
   [Mais...]

Ortopedia e Saúde - 26/07/19
A tenossinovite, também chamada inflamação1 da bainha do tendão2, é um processo inflamatório da membrana que envolve o tendão2, chamada sinóvia. Via de regra, o tendão2 se desloca em um movimento de vai-e-vem, conforme o músculo correspondente se contrai ou se distende. Em caso de tenossinovite, este movimento fica prejudicado e doloroso.
1 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
2 Tendão: Tecido fibroso pelo qual um músculo se prende a um osso.
   [Mais...]

Ortopedia e Saúde - 25/07/19
Enquanto a osteogênese refere-se à formação natural de ossos saudáveis, o termo "osteólise" refere-se mais especificamente a um processo patológico de reabsorção óssea.   [Mais...]
O envenenamento pelo CO ocorre tipicamente pela inalação do gás em níveis excessivos. Os efeitos tóxicos do CO são conhecidos desde a história antiga, mas a percepção de que a hemoglobina1 seja afetada pelo CO foi determinada em 1857.
1 Hemoglobina: Proteína encarregada de transportar o oxigênio desde os pulmões até os tecidos do corpo. Encontra-se em altas concentrações nos glóbulos vermelhos.
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - < - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - > - >>
61 a 70 (Total: 1989)
  • Entrar
  • Assinar